Pesquisar no Blog

sábado, 19 de maio de 2012

Porquinho da Índia que não quer comer, o que fazer? (1º Parte))



Se seu Porquinho da Índia parou de comer  e não tiver sofrido nenhum procedimento cirúrgico atenção!, ele está doente, e se não tratado imediatamente morrerá em alguns dias!.

Se ele parou de comer hoje, ontem ou ainda não parou de comer mas está comendo menos saiba que ele já tem alguma coisa há algum tempo, apenas não demonstrou os sintomas à você, o problema é que na natureza os Porquinhos da Índia vivem em grupos e são presas, nesta condição não devem demonstrar sinal de fraqueza aos seus predadores que escolherão os indivíduos mais debilitados para atacar. O grupo por sua vez, ao perceber um integrante sem resistência pode expulsá-lo em nome da proteção da colônia  que não deseja atrair predadores para o resto do bando. Por conta disso o Porquinho da Índia finge estar bem até não aguentar... é por isso que quando param de comer a situação já está séria e você deve tratá-lo imediatamente.

Mas o que você pode fazer?

1- Levar a um veterinário para descobrir o problema:

A primeira coisa é levá-lo a um veterinário de preferência especializado em Silvestres ou Exóticos, o veterinário avaliará seu porquinho e fará exames para descobrir e tratar o problema.  Sem o tratamento de nada adiantará os passos seguintes.

Na consulta ,já sabendo que seu porquinho se recusa a comer, peça para o veterinário indicar um polivitamínico que estimule o apetite ( para ajudar a dar fome, assim ele terá um empurrão para comer só) e também um probiótico ( já que você terá que dar a alimentação manual, o probiótico ajudará a manter o sistema digestivo funcionando corretamente).


2- Alimentar manualmente com ajuda de uma seringa:

Juntamente com o tratamento prescrito você deverá alimentá-lo à mão, com ajuda de uma seringa até que ele se recupere e passe a se alimentar sozinho em quantidade adequada ( como antigamente).
A alimentação manual é extremamente importante para que o tratamento tenha tempo de fazer efeito antes que ele morra por inanição. A grande maioria dos Porquinhos não chegam a morrer pela doença mas por falta de alimento e desidratação.

Veja as dicas de como alimentá-lo corretamente mas lembre-se que tudo deve ser feito junto ao tratamento prescrito pelo veterinário, alimentar sem um tratamento só vai dar alguns dias de vida ao seu porquinho pois ele vai piorar e morrer de qualquer jeito dessa vez pela doença.

Assista o vídeo e veja como proceder com a alimentação manual:

( Vídeo da Panqueca ensinando a alimentar o Porquinho com uma seringa)

Dica: Você pode substituir a abóbora por outro alimento que seu porquinho goste e possa comer, aqui as vezes substituo por cenoura cozida , em outras dou somente a ração amassada e amolecida na água. 

Prazo de validade dos alimentos indicados no vídeo:
Ração seca triturada: o mesmo prazo de validade da embalagem se guardado adequadamente.
Ração molhada ou úmida: 2 horas no máximo, deve ser preparada e servida na hora sob o perigo de fermentar e causar problemas intestinais.
Legumes cozidos, vegetais amassados:: 12 horas se conservado na geladeira. Quando exposto até 4 horas.

Frequência e Quantidade:

A frequência e quantidade a ser fornecida depende de vários fatores como peso e idade em que se encontra   o porquinho ,animais muito magros devem comer mais vezes ao dia, filhotinhos em menor quantidade.

Costumo indicar o seguinte:

Idade
Frequência
Quantidade
Adulto
( 2 meses em diante)
Mínimo - 3x ao dia
10 a 15 ml
Boa – 4x ao dia
10 a 15 ml
Ideal – a cada 4horas
10 ml
Adulto muito
magro
Mínimo- 4x ao dia
10 a 15 ml
Ideal – a cada 4 horas
 10 a 15 ml

Filhotes até 2 meses
Mínimo 3x ao dia
 5 a 12 ml
Boa- 4x ao dia
5 a 12 ml
Ideal – a cada 4 horas
5 a 10 ml
Recém Nascidos
( até 1 semana)
 O processo de alimentação de recém nascidos é mais complexo e será abordado em outra postagem.

Nota: A frequência e medidas designadas aqui são meramente sugestivas, você deve usar o bom senso na hora de alimentar o seu Porquinho para saber se é insuficiente ou demasiado.

 Animais que se alimentam parcialmente sozinhos tendem a querer comer menos na seringa, isso é ótimo! vá reduzindo a quantidade até que ele se alimente completamente só.

A prescrição veterinária diferenciada substitui completamente essa tabela.




Outros Alimentos que podem ser oferecidos a um Porquinho da Índia Doente:

Primeiramente saiba que a melhor alimentação para seu Porquinho da Índia doente é servir a própria ração, todavia para facilitar a vida dos DONOS, outros alimentos também podem ser oferecidos em substituto a 1 das refeições com a ração.  Caso deseje fazer uso dessa variedade, eleja apenas mais um para ser servido além da ração ( cenoura e abóbora misturada a ração não contabilizam bem como os alimentos que seu animal estiver comendo sozinho).


 Papinhas de frutas, legumes e cereais para bebês:


Vantagem: a maior seria a praticidade, você pode servir quando o porquinho precisar comer várias vezes e não tiver muito tempo ou estrutura para preparar ou dar o alimento adequadamente. Como não entope a seringa pode ser retirada diretamente do pote ( com a seringa grande). São fáceis de engolir e isso poupa tempo de alimentação.  Os meus gostam muito do sabor  banana com cereais.

Requisitos: Dever ser somente de frutas, legumes e cereais ou tais sabores combinados entre sí. JAMAIS servir papinhas que contenham feijão, batata, macarrão e qualquer produto de origem animal ( carne, ovos, frango, leite).

Modo de usar: servir poucas vezes na semana ou uma vez ao dia em substituição a uma das refeições com ração na mesma quantidade sugerida para a ração na tabela acima.

Desvantagem: Ela não conterá todos os nutrientes que seu porquinho necessita e também não estimulará a mastigação, fator importante para manter os dentes gastos enquanto seu porquinho não quer comer e se recupera. Por ser um alimento diferente do acostumado a ingerir, é ideal que o porquinho receba inicialmente poucas quantidades da papinha e esteja fazendo uso de algum probiótico.

Dica: Você pode misturar ração seca em pó na papinha para torná-la mais eficaz, todavia a mastigação ainda não será estimulada.

Exceção para refeições exclusivas: As vezes o porquinho da índia está tão debilitado que não mal consegue engolir, NESSES casos a papinha pode ser dada como alimentação exclusiva pois pior do que se alimentar mal, é não comer nada.

Prazo de validade: até 3 dias se conservada na geladeira depois de aberta. Retirar somente a quantidade a ser servida, se o pote depois de aberto e congelado ficar em temperatura ambiente por mais de 30 minutos não deve ser acondicionado na geladeira novamente. Se notar mal cheiro, coloração diferente ou papinha aguada, jogue fora e sirva outra mesmo que ainda dentro to prazo de validade.




3- Paparicar seu Porquinho e suborná-lo para que coma sozinho:

Melhor do que alimentar seu porquinho da Índia é tentar fazê-lo comer sozinho, veja aqui algumas dicas que devem ser colocadas em prática juntamente com a alimentação manual.

a) Deixar o feno ou capim à vontade- normalmente a última coisa que eles deixam de comer completamente é o feno ou capim, para incentivar que continue comendo espalhe pelo chão, assim ele terá um raminho sempre à vista e não terá "preguiça" de ir atrás.

b) Ofereça-lhe seus alimentos prediletos  - não todos de uma vez, eleja um ou dois por dia para que ele não abuse. Acrescente também algum alimento novo ou que ele não gostava( na doença muitas vezes o paladar muda), uma ideia é oferecer um predileto mais uma novidade ou 2 prediletos com 1 novidade. Você pode servir o mesmo alimento em vários turnos do dia, se ele não comeu pela manhã,  jogue fora e tente um novo e fresco pedaço à noite, alimentos expostos o dia todo ressecam e perdem o sabor, o alimento deve estar sempre atraente.

c) Cortar as verduras fininhas, deixar a parte mole exposta ou se for o caso ralar - Quando os Porquinhos da Índia estão doentes eles ficam muito preguiçosos e chatinhos com relação à comida, se você der algo que lhe dará muito trabalho para comer ele não comerá. Por isso facilite a vida dele, com o tempo ele voltará ao normal. Ademais cortar os alimentos fininhos ou ralar ajudará principalmente se o problema for dentário.


d) Continue oferecendo a ração de costume e também uma nova opção de ração -ambas  em pouquíssima  quantidade ( poucos caroços) assim você saberá se ele comeu ou não. As vezes o porquinhos abusam da ração na doença e aceitam melhor uma nova. As rações não devem ser misturadas mas servidas separadas ( pode ser no mesmo prato, um lado uma um lado outra), assim você saberá exatamente o que ele está comendo.

d) Acrescente Aveia em Flocos na alimentação (grossos ou integrais- compra-se em supermercado e loja e produtos naturais).- Os porquinhos são naturalmente viciados em aveia, todavia como ela é muito calórica  só deve ser oferecida em situações especiais pelo período necessário ( animais doentes, abaixo do peso e fêmeas lactantes). A proporção a ser oferecida é de 1/3 da porção de ração. Não misture a ração com a  aveia para que você saiba exatamente o que ele está comendo, também não se surpreenda se ele passar a comer só a aveia, neste momento o importante é comer.

Modelo de como organizar a ração de seu Porquinho da Índia doente:



f) Deixe água à disposição em um pratinho- você pode manter os bebedouros, mas tenha em conjunto um pratinho com água fresca e limpa. Ás vezes quando o problema é dentário eles param de beber nos bebedouros por causa da dor. 

Devo dar água ao meu Porquinho da Índia que não quer comer?

Se o seu Porquinho da Índia está tomando água sozinho, comendo verduras ou folhas verdes sozinho ou se você estiver fornecendo na seringa ração amolecida com água, você NÃO  precisará dar água , ele já estará se hidratando só ou pela própria alimentação.

Se ainda assim você achar necessário, pergunte ao veterinário se ele está muito desidratado, se a resposta for afirmativa pergunte a possibilidade de ele dar logo um soro. Se ele disser apenas para você dar água em casa, pergunte se há necessidade de algum eletrolítico ou se a água normal basta e peça orientação de como proceder.

Dar água a um Porquinho da Índia exige muita cautela pois se ele inalar a água pode acabar desenvolvendo uma pneumonia.


Espero que tenham gostado do artigo!!












quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Porquinhos da Índia Disponíveis para Venda e Adoção.


Cadastre-se e receba o comunicado das ninhadas em primeira mão!

Veja as Raças que Criamos e escolha a sua!!
-----------------------------------------------------------
-Maiores informações sobre as condições de venda clique aqui.
-Conheça nossos Reprodutores e Matrizes clicando aqui.

À venda:

Atualizado dia: 27/09/2012

Oferta 1: - Porquinho da Índia  filhote macho, raça Peruana, cor preta e vermelha com mancha branca na testa. Valor: R$ 150,00.

Oferta 2: Porquinho da Índia filhote macho, raça Sheltie, cor: preta e vermelha. Valor: R$ 150,00

Desconto na compra dos dois.

Genealogia:

Materna: Mãe Peruana, avós maternos Alpacas de linhagem Europeia.
Paterna: Pai Coronet, Avós Paternos Merino e Coronet de linhagem Européia.

Pronta entrega para retirada no local ( Fortaleza-CE) . Envio somente na compra dos 2 .

Contato: cidadedosporquinhos@gmail.com
              (85) 99137434 ( Tim)






-----------------------------------------------------------------------------------------------

PORQUINHOS PARA ADOÇÃO:

Nenhum Porquinho Disponível para adoção no momento.

Após adotar seu porquinho, compre o feno dele conosco!!

Clique Aqui Para saber mais sobre o feno e como adquirir.



terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Porquinhos da índia são inteligentes? - Vídeos de truques com Porquinhos da Índia.

Porquinhos da Índia são inteligentes? aprendem alguma coisa?- Essa é uma indagação que sempre recebo.

 A verdade é que a grande maioria das pessoas, inclusive os próprios donos  desconhecem a variedade de coisas que um Porquinho da Índia pode aprender, todavia, quando ensinados, aprendem desde o mais básico como fazer as necessidades no lugar certo ou vir quando chamado como inúmeros truques.

Veja abaixo uma coletânea de vídeos com os mais diversos truques realizados por Porquinhos da Índia, constate o quão são inteligentes e inspire-se para ensinar o seu!!

Em 2009 o Caviário Cidade dos Porquinhos realizou uma gincana nacional de Porquinhos da Índia, a prova final o porquinho deveria realizar os comandos " dar a pata", "dar beijinho", "girar"," "ficar de pé", sem ajuda de petiscos e em até 30s. Heis aqui o vídeo da vencedora :Panqueca.


" Dar a pata", "dar beijinho", "girar"," "ficar de pé", 


Porquinho da Índia saltando obstáculo de até 30 cm.


"Empurrar a bolinha"


Agility com Porquinho da Índia


Entrar na gaiola e fechar a portinha .

Tocar Piano

Espero que tenham gostado!!, aceito outras sugestões de vídeos com truques para postar.

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Tipos de forragem para cercados, gaiolas e viveiros de Porquinhos da Índia.

Um dos ítens que mais irá colaborar com a higiene e frequência de manutenção é o tipo de forragem que você usa no cercado do seu Porquinho da Índia.

Conheça agora alguns modelos e decida qual mais combina com você!


Primeiramente, antes de usar qualquer forração, saiba que a urina dos porquinhos  é um tanto corrosiva e solta cristais de cálcio que deixa a área esbranquiçada . 
Para remover os cristais, basta usar vinagre de álcool que eles dissolverão, logo após limpe o local com esponja e sabão.
Se você  não quer danificar o piso de sua casa ou do local onde os porquinhos se encontram, atente-se em colocar sempre por baixo da forração, uma lona ou plástico para proteção ( muitos utilizam plásticos transparentes ou os usados como toalha de mesa).


 (foto: montagem de cercado da Mauli Cuí)


 Soft
(Também conhecido por: Fleece e lã sintética para bebês.)

 O soft é aquele tecido que se usa muito em roupas de frio para crianças. É uma lãzinha sintética muito quentinha que tem uma característica legal: não segura líquido. Isso é interessante pra forração, usa-se assim:
- Colocar no fundo do cercado uma camada com 2 toalhas velhas ou dessas mais baratas. Essas toalhas é que vão absorver a urina;
- Por cima, colocar o tecido soft, que vai deixar o cercado um aconchego. O xixi que os porquinhos fazem passa pelo soft, drena e é absorvido pelas toalhas, deixando a sensação de seco.


(Cercado de Soft da Nina)

A seguir, dicas da Panqueca:


 Manutenção:
-Varrer os cocozinhos, que ficam no soft, sequinhos. A cada 5 dias em média, varrer o tecido e botar tudo pra lavar. Aí é bom ter ao menos 2 jogos de forração (1 peça de tecido soft e 2 toalhas grandes).
Para o Soft funcionar:
O Soft deve ser 100% de poliéster, os de algodão vão empapar pois não drena  direito. Ao chegar lavar 2x o soft com sabão e água sanitária, nunca usar amaciante.
Soft de cor escura camufla melhor a sujeira e deixa um ar de novo. Soft com estampas deixa o cercado mais bonitinho.

-Usar um banheirinho para os porquinhos e uma bandeja embaixo do comedouro ajudará a manter o soft limpo.

(Cercado de Soft da Panqueca e Pantufinha, observe o banheirinho de feno e a bandeja embaixo dos comedouros.)
Vantagem:
-Sai barato, é reutilizável e dura bastante tempo.
-Deixa o cercado arrumadinho
-Os porquinhos adoram brincar e pisar no macio.

Desvantagem:
-O soft  não será prático para quem tem muitos porquinhos em um mesmo espaço.
-Os pelos grudam no tecido, sendo necessário varrê-los.
-Em locais que façam muito calor, pode deixar o ambiente um pouco mais quente já que o porquinho não terá contato com a friagem do azulejo.

Dica!: Escolha tecidos mais escuros pois escondem melhor a sujeira, e deixa seu cercado com aparência mais arrumada.

Substitutos da toalha que ficará por baixo do soft:

Muitas camadas de jornal:
Pró: É barato, descartável e fácil de achar
Contra: O jornal não é muito absorvente, provavelmente você terá que trocar com maior freqüência.

Tapete absorvente:
-Pró:  ótima absorção,  é descartável e por ser branco fica fácil observar mudanças na urina.
-Contra:  Não é muito barato , o porquinho não deve ter contato direto com o  tapete pois caso o mastigue, o gel contido no mesmo pode ocasionar grandes danos a saúde,inclusive a morte.

(Cercado de Soft da Kika , mostrando  o tapete higiênico que fica por baixo do Soft.)


Tecido

( Cercado de Tecido dos Porquinhos da Índia Teodore e Dalila).

A maior diferença do tecido para o Soft é a questão da drenagem da urina, enquanto o soft drena para a forragem abaixo dele, deixando a superfície seca, o Tecido absorve tanto para a 2º forragem quanto para ele mesmo, ficando molhado e demorando mais para secar. Em compensação, dependendo do tecido de escolha, pode ser uma opção mais fria para os dias de calor.


Vantagem:
-Sai barato, é reutilizável e dura bastante tempo.
-Deixa o cercado arrumadinho
-Os porquinhos adoram brincar e pisar no macio.

Desvantagem:
-O Tecido não será prático para quem tem muitos porquinhos em um mesmo espaço.
-É necessário ter um segundo forro absorvente por baixo do tecido.
- Absorve a urina, deixando o ambiente molhado.

Dica: Prefira cores de tonalidades mais escuras para ocultar manchas de urina e sujeiras.



Jornal

(Cercado com forragem de jornal doPunk e Dudu)


Vantagens: O jornal é um ítem barato, e fácil de conseguir. Por ser descartável não precisará de grandes manutenções, basta jogar o jornal sujo fora e limpar o piso e bandeja se necessário.
Pode ser uma boa se usado juntamente com outro tipo de forragem ( soft por cima, ou placas Pipi Place- é a opção que uso).
A frequência de trocas está diretamente relacionada com o tamanho do cercado e quantidades de animais existente no recinto. Quanto maior o cercado e menor número de porquinhos, menor o número de trocas.

Desvantagem: ele não é muito absorvente, por isso suja mais rápido, a frequência de troca deve ser diária a menos que o cercado seja bastante espaçoso e com reduzido número de animais.

Atenção: É normal o seu Porquinho da Índia beliscar e roer pedaços do jornal. Para coibir essa prática ofereça feno ao seu porquinho. Todavia se o seu porquinho come grandes quantidades de jornais, o ideal é substituir essa forração por outras pois ingerir papel em demasia pode causar obstrução intestinal.

Placas para banheiro de cachorro -Pipi Place


Eu particularmente gosto de falar dessas placas pois é o método que utilizo. Elas possuem furinhos arredondados onde escoa toda a urina e fezes, deixando o ambiente sempre limpinho .A anatomia dos furinhos não machuca as patinhas, não as prende e a espessura é suficiente para as fezes passarem sem que enganchem. 

Aqui as uso para forrar as grades do viveiro, por baixo em uma bandeja coletora, uso jornal que é trocado diariamente.

( Uma de minhas porquinhas, no seu recinto,usando como piso as plaquinhas de banheiro de cachorro, observe como os furinhos possuem toda a extremidade e relevo arredondado e tem uma espessura bem menor que as patinhas.)

Vantagens:
-O cercado fica sempre limpo, as fezes e urina escoam fácil. Os animais não mantém contato com a sujeira.
-O plástico grosso e rígido é fácil de lavar, basta uma vez por mês
-Também tem durabilidade quase eterna, os meus já uso há 5 anos e estão ótimos.
-Os porquinhos não roem/ destrói.
-São vendidos em placas desmontáveis, você pode adquirir quantas placas necessitar e montar conforme a anatomia do seu cercado.
- Eu indico principalmente para animais de pêlos longos, caviários e para forrar cercados de grade.

Desvantagem:
- Custa caro, uma estrutura vem com 6 plaquinhas não sai por menos de R$ 50,00. Se pensar que dura uma eternidade pode valer a pena. 
- Compra-se em Pet Shop , mas não é tão fácil achar uma marca com relevo e furinhos redondos. Você pode procurar um fornecedor na sua região através do site da empresa: C&A4Patas.
-É necessário uma segunda forragem que ficará por baixo das plaquinhas, essa forragem deve ser trocadas conforme a necessidade ( nº de animais, tipo de forragem usada).

O que você não deve usar de jeito nenhum:


São desconfortáveis, podem causar fraturas além da terrível pododermatite ( lesões nas patinhas por conta de uma bactéria que causam feridas abertas e podem levar a morte.
Se você tem um piso de grade, por cima, forre com outro material.


Portanto, caso você tenha uma gaiola com grades, ou retire as grades ou utilize algum tipo de forração por cima delas.

Areia Sanitária para Gatos


O grande perigo de se usar areia sanitária para gatos é que essa areia ao entrar em contato com a umidade forma uma bola, um tipo de pedra para melhor remoção da sujeira, se o Porquinho da Índia vier a ingerir tal areia ( acredite ele o fará  um dia seja porque é curioso , seja porque caiu algum alimento ) o mesmo processo acontecerá em seu estômago e lhe causará uma séria obstrução intestinal, muito sofrimento e dor podendo levar ao óbito em poucos dias. 

Portanto, só use areia sanitária para gatos se o porquinho não tiver contato direto com a mesma, como em uma bandeja coletora por exemplo.


Gaiolas e Pisos com grades em cercados para Porquinhos da Índia



Primeiramente saiba que gaiolas não ideais para se criar um Porquinho da Índia, principalmente essas com bandeja plástica facilmente encontradas em Pet Shops e com indicação para roedores.

Mas digamos que você tenha uma ótima e grande gaiola, ultimamente elas estão vindo com pisos de grade, que pode parecer muito prático mas é extremamente maléfico a saúde de seu Porquinho , este pode quebrar a patinha caso prenda entre as grades e ainda adquirir uma doença chamada de Pododermatite que causa lesões profundas na pata e em casos mais sérios leva a morte.

Caso você possua uma gaiola, viveiro ou qualquer outro recinto que possua pisos de grades, remova-as ou por cima delas utilize alguma outra forração. Conheça alguns tipos de forração que você pode utilizar.

Para ajudar nessa conscientização, sempre que você ver um Porquinho da Índia em um piso de grade, explique  para o dono o por quê de ele não poder estar ali. As vezes utilizam-se grades por desconhecimento e praticidade e não por maldade.


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Fotos divertidas de nossos Porquinhos da Índia - Filhotes

Confira  algumas fotos divertidas e "owwwwwwww" , de nossos filhotes.  Boa parte é antiga, e não sei onde estão várias, mas na medida que encontrar ou fotografar eu posto!!.Espero que gostem.



















Atenção!! 

Os Porquinhos da Índia estão super fofinhos nas fotos, mas não são brinquedos!, são seres vivos que dão trabalho, exige tempo, faz sujeira e dá muita despesa. Porquinho da Índia é muita responsabilidade!.

As fantasias e cenários aqui utilizadas foram mera produção para as fotos e usadas SÓ naquele momento. Nenhum animal foi maltratado ou submetido a qualquer tipo de sofrimento.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Vermífugos Naturais para Porquinhos da Índia.

(foto de uma cotia)

Na natureza não há remédios, veterinários etc, por isso os animais acabam ingerindo alguns alimentos ( ou não) com o intuito de livrar-se de algum mal que estejam sentindo.

Sendo assim, Porquinhos da Índia assim como outros roedores acabam ingerindo sementes, folhas e raízes que são vermífugos naturais.

 A melhor forma de seu Porquinho não adquirir vermes é prevenindo mas você pode acrescentar alguns dos alimentos conhecidos por tal propriedade na dieta de seu porquinho. 

São eles:
-Coco (servir pedaços da casca com a polpa, eles adoram roer . Sirva com moderação pois também é laxante),
-Cenoura
-Chicória, 
-Carqueja,
-Agrião, 
-Maxixe, 
-Artemísia, 
-Hortelã.

Sementes de mamão, abóbora e maracujá podem ser postas para secar, moídas e acrescentadas na ração ou bebedouros.

-O hortelã além da folha e caule também pode ser oferecido em forma de chá (feito por decocção e servido após esfriar), é rico inclusive em vitamina C.

Todavia, seja moderado e obedeça o paladar de seu Porquinho, sirva algumas vezes para acostumar mas se ele não quer nem cheirar, fazer o que? é de sua índole serem mimados!

Pela minha experiência, esses alimentos são mais preventivos e paliativos do que de tratamento. Se seu animal já está infestado de vermes é melhor optar por um medicamento, o efeito é mais rápido e certo.

De qualquer forma, não custa variar na alimentação e experimentar, opção para filhotes e gestantes.




quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Manual de Boas Práticas para as Verduras e Frutas de seu Porquinho da Índia


Famintos por natureza e gorduchos de gostosura, creio que o momento mais esperado para um Porquinho da Índia é a hora em que receberá sua porção de verduras e frutas diária. Hábito este super recomendado por criadores e veterinários, as frutas e verduras são fontes diversas de nutrientes e fibras complementando a alimentação além de entreter e ajudar no desgaste dos dentes.

Por isso para que essa rotina cheia de vantagens  não seja a porta de entrada para males prejudicial a saúde, aqui vão umas dicas de como manipular tais alimentos antes de servir:

1- Forneça somente alimentos frescos e em bom estado. Não dê nada que você também não comeria.

2-Sirva sempre pequenas porções, para que sejam ingeridas em pouco tempo. Alimentos não comidos devem ser retirados pois atraem moscas, formigas além de fermentarem..

3- JAMAIS  sirva um alimento gelado, pois diminuem os movimentos peristálticos e prejudicam a digestão. Após retirar da geladeira espere chegar a uma temperatura ambiente.

4- Se o porquinho de um cercado não comeu determinado alimento, não o entregue a um porquinho de outro cercado. Você pode estar levando alguma doença.

5-SEMPRE desinfete e lave bem os alimentos . Vermes na grande maioria das vezes são adquiridos de frutas e verduras mal lavados, além disso existe a possível contaminação por agrotóxicos. O ideal é lavar e desinfetar assim que chegar em casa e lavar mais uma vez no momento de servir. 

Revista Saúde deu algumas dicas de como lavar e desinfetar corretamente frutas e verduras. Segue abaixo as instruções que se aplicam perfeitamente ao alimentos que você servirá ao seu Porquinho da Índia.

"Limpeza correta 

As verduras devem ser bem-lavadas, passando-se os dedos por toda a casca para retirar terra, pedaços machucados da folha e larvas. Depois, deixe de molho em uma solução desinfetante por 30 minutos. A seguir, lave novamente em água corrente e consuma sem qualquer receio.
Para os legumes, o procedimento é o mesmo. Se for ingeri-los com a casca, é importante esfregar com uma bucha própria sobre toda a extensão, para eliminar a camada esbranquiçada de agrotóxico. Daí, é só colocar de molho em solução e consumir.

As frutas precisam ser limpas da mesma forma. “A maçã ou a pêra devem ser lavadas com uma esponja, já que é consumida com a casca. É importante esfregar para que a quantidade de agrotóxico ingerida diminua”, alerta. Para as uvas, o cuidado é maior: “é preciso lavar uma a uma, sem arrancá- las do galhinho. Alguns cachos são bem fechados e pode ter teia de aranha no meio, então, apenas água e deixar em solução não resolve”.

SOLUÇÃO DE VINAGRE 



A receita diz que é preciso colocar duas colheres de sopa de vinagre para cada litro de água. Daí, é só deixar as verduras e as frutas mergulhadas neste preparado por 30 minutos. Se existirem larvas vivas, o vinagre não vai matá-las, mas faz com que se soltem das folhas. Então, é preciso passar novamente em água corrente para eliminá-las da salada.


SOLUÇÃO DE ÁGUA SANITÁRIA 



Também chamada de solução clorada ou de hipoclorito de sódio, é só colocar uma colher de sopa para um litro de água e deixar os alimentos por 15 minutos para eliminar larvas e bactérias. Depois, é lavar em água corrente. Para quem ainda fica com receio do cheiro do produto de limpeza, é só colocar os vegetais em uma solução de vinagre.


SOLUÇÃO COM HIDROSTERIL



Vendido em supermercados, farmácias e até feiras livres, é um preparado com hipoclorito de sódio e permanganato de potássio estabilizados que ajuda a higienizar os alimentos, eliminando larvas e bactérias. E o recomendado é colocar duas gotas do produto em meio litro de água e deixar por 15 minutos. Em seguida, é preciso lavar os alimentos em água corrente."


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...